O Festival do Rio 2023 foi palco de uma noite emocionante para o cinema, onde os vencedores dos Prêmios Redentor da Première Brasil e do Prêmio Felix foram anunciados.

A cerimônia ocorreu no icônico Cine Odeon – Centro Cultural Luiz Severiano Ribeiro e foi conduzida por Carla Cristina Cardoso e Bukassa Kabengele.

Além disso, o festival prestou homenagem a figuras notáveis nas artes e na causa LGBTQIAPN+ com o Troféu Suzy Capó de Personalidade do Ano. Agora, vamos conhecer todos os incríveis vencedores deste ano de 2023.

PREMIÈRE BRASIL

O júri da Premiére Brasil é presidido pela diretora, roteirista e produtora Laís Bodansky e formado por Gaia Furrer, Isabél Zuaa, João Vieira Jr. E Renata Pinheiro.

Melhor Curta: Cabana, de Adriana de Faria. Produção: Adriana de Faria e Tayana Pinheiro

Melhor Documentário: Othelo, o Grande, de Lucas H. Rossi dos Santos. Produção Franco Filmes

Leia também:  Tipos de Gentileza: Conheça o novo filme de Yorgos Lanthimos, o mesmo diretor de Pobres Criaturas

Melhor Direção de Documentário: Daniel Gonçalves, por Assexybilidade. Produção: TvZero

Menção honrosa para Black Rio! Black Power!, de Emílio Domingos. Produção: Espiral

Melhor Atriz: Maeve Jinkings, por Pedágio. Produção: Biônica Filmes e O Som e a Fúria, e Grace Passô, por O Dia que te conheci. Produção: Filmes de Plástico

Melhor Ator: Kauã Alvarenga, por Pedágio. Produção: Biônica Filmes e O Som e a Fúria

Melhor Atriz Coadjuvante: Aline Marta Maia, por Pedágio. Produção: Biônica Filmes e O Som e a Fúria

Melhor Ator Coadjuvante: Carlos Francisco, por Estranho Caminho. Produção: Tardo Filmes

Melhor Fotografia: Evgenia Alexandrova, por Sem Coração. Produção: Cinemascópio Filmes

Melhor Direção de Arte: Vicente Saldanha, por Pedágio. Produção: Biônica Filmes e O Som e a Fúria

Melhor Montagem: Eva Randolph, por Levante. Produção: Arissas

Leia também:  PLANO 75: Conheça o filme que discute etarismo e a cultura japonesa

Melhor Roteiro: Guto Parente, por Estranho Caminho. Produção Tardo Filmes

Melhor Direção de Ficção: Lillah Halla, por Levante. Produção: Arissas

Melhor Filme de FicçãoA Batalha da Rua Maria Antônia, de Vera Egito. Produção: Paranoid Filmes (imagem do topo)

Prêmio Especial do Júri: O Dia que te Conheci, de André Novais de Oliveira. Produção: Filmes de Plástico

PEDAGIO-filme-2024-A-Geleia
Kauã Alvarenga, vencedor por Pedágio (Paris Filmes)

PREMIÈRE BRASIL – NOVOS RUMOS 

O júri da Première Brasil – Novos Rumos é presidido pelo ator Johnny Massaro e composto por Beatriz Seigner, Jéssica Ellen e Pedro Bronz.

Melhor Longa: Saudade fez morada aqui dentro, de Haroldo Borges. Produção: Plano 3 Filmes

Melhor Curta: Dependências, de Luisa Arraes. Produção: Cosmo Cine e Paris Produções

Melhor Direção: Ricardo Alves Jr. por Tudo o que você podia ser. Produção: Entrefimes

Leia também:  Paulo César Pereio: Legado e obra do ator que nos deixa aos 83 anos

Prêmio Especial do Júri: A Alma das Coisas, de Douglas Soares. Produção: Acalante Filmes

Menção Honrosa para Iracemas, de Tuca Siqueira. Produção: República Pureza Olinda

Menção Honrosa para Bizarros Peixes das Fossas Abissais, de Marão. Produção: Marão Filmes

Festival-do-Rio-2023-A-Geleia

PRÊMIO FELIX 

Melhor Filme Brasileiro: Sem Coração, de Tião e Nara Normande

Melhor Filme Internacional: 20.000 Espécies de Abelhas, de Estibaliz Urresola Solaguren

Melhor Documentário: Orlando, Minha Biografia Política, de Paul B. Preciado

Menção Honrosa de Documentário: Assexybilidade, de Daniel Gonçalves 

Prêmio Especial do Júri: Tudo o que você podia ser, de Ricardo Alves Jr.

Troféu Suzy Capó de personalidade do ano: Nanda Costa e Lan Lanh

Festival do Rio é apresentado pelo Ministério da Cultura, Shell e Prefeitura do Rio

Categorized in:

Tagged in: