PELE é uma obra cinematográfica inovadora do diretor Marcos Pimentel, que se aprofunda nas efervescentes expressões de arte urbana que florescem nas cidades do Brasil e da América Latina.

Este documentário aclamado internacionalmente oferece um olhar fascinante sobre como as pessoas interagem com grafites, pichações e intervenções nas ruas, capturando as vozes silenciosas dos habitantes urbanos.

O filme é distinto por sua abordagem única, uma vez que não conta com entrevistas ou narração. Em vez disso, a narrativa se desdobra exclusivamente através das imagens e sons das cidades, proporcionando uma experiência sensorial imersiva que habilmente equilibra elementos poéticos com uma mensagem política forte.

Leia também:  Paulo César Pereio: Legado e obra do ator que nos deixa aos 83 anos

PELE não se limita apenas a ser uma celebração da arte de rua; é também uma janela para os eventos históricos e políticos que moldaram o Brasil recentemente.

O documentário captura desde os momentos de grande visibilidade, como os Jogos Olímpicos do Rio e a Copa do Mundo de 2014, até episódios que sacudiram o país, como os protestos de junho de 2013, a Operação Lava Jato, o governo de Michel Temer e o atual governo de Jair Bolsonaro.

Leia também:  Máfia Italiana e pitadas de humor dão sabor de Estômago 2 - O Poderoso Chef

Através do contexto proporcionado pelas intervenções urbanas, PELE narra de forma eloquente a complexa história contemporânea do Brasil. O longa abre uma viagem única pelas ruas e manifestações artísticas que compõem o cenário urbano, provocando reflexões profundas sobre a sociedade e a política.

Leia também:  Clássico A Hora da Estrela retorna aos cinemas através da Sessão Vitrine Petrobras

PELE estreia em diversas cidades do Brasil a partir de 26 de outubro, convidando o público a explorar a interseção entre a criatividade das ruas e os acontecimentos históricos. Assista ao trailer completo:

Categorized in: