James Gunn, diretor da trilogia “Guardiões da Galáxia”, revelou recentemente que havia escrito um personagem especial bem inusitada para Stan Lee em Guardiões da Galáxia Vol. 3.

Gunn planejava dar a Stan Lee um trabalho de dublagem, combinada com uma representação visual que capturasse a essência icônica do lendário criador de quadrinhos. Infelizmente, com a triste notícia do falecimento de Stan, a oportunidade de concretizar essa colaboração única se tornou impossível.

Leia também:  Atlas: Duração, classificação e tudo para assistir ao filme de 2024

O personagem em questão, Lambshank, é uma das experiências do Alto Evolucionário, que é libertada pelo Mantis no desfecho do filme.

Essa ideia foi concebida por Gunn em seu primeiro rascunho entregue em 2018, antes de seu afastamento da Disney / Marvel e antes falecimento de Stan Lee (1922-2018) em novembro daquele mesmo ano.

Leia também:  PLANO 75: Conheça o filme que discute etarismo e a cultura japonesa

Monstrinho de amor

Lambshank tem características que remetem a Coisa do filme O Enigma de Outro Mundo. Sua presença traz a mensagem de que mesmo um ser disforme possuí sentimentos.

Na versão original, Gunn acabou dublando a criaturinha.

Leia também:  Praetorian Jack: Quem é, e o que acontece com o personagem misterioso de Furiosa – Uma Saga Mad Max

Ainda que a parceria não tenha se concretizado, a memória de Stan Lee permanece viva e seu legado perdurará como uma influência duradoura no mundo dos quadrinhos e do entretenimento.

Categorized in: